Júlia Rocha : lote2

da minha parte
LEITEMOTIVE

De: Júlia Rocha
Data: 14 de agosto de 2013 20:57:25 BRT
Para: Cristian Duarte , Rodrigo Andreolli , Bruno Freire , Clarice Lima , Carolina Mendonça , Aline Bonamin , bruno levorin , Alexandre Magno Manso , Eros Valério Leme , TARINA QUELHO DE CASTRO , Sheila Arêas , Leandro Berton , Daniel Fagundes
Assunto: DO LO TE DO IS

essa reflexão final, não é nada mais do que o que foi sendo refletido durante todo o processo da residência. eu me coloquei o desafio de escrever mensalmente sobre como estava procedendo a minha residência. logo que o projeto foi aprovado, conversei com o cristian sobre a minha necessidade de estar mais só. de produzir separadamente do contexto do grupo. o que também me deu a liberdade de não participar dos encontros-situações. eu perdi com isso, muito. mais ganhei a concentração de ficar em contato com as questões que vem me habitando no momento. numa residência de dança, eu não estava com interesse de desenvolver alguma coisa que se parecesse com os processos de dança com os quais estamos habituados, um experimento cênico, algo relacionado a movimento ou a corpo como conhecemos / eu me permiti produzir outros formatos de uma pesquisa artística em dança, ou talvez não, não sei /foi através da concretização de uma publicação que reúne textos de 9 jovens artistas híbridos (desculpem-me as categorizações) sobre o fazer de seus respectivos trabalhos, que encontrei uma maneira de interlocução pela mediação da palavra, do que e como estão as questões, os motivos da criação de cada um. não só eu, ponho em questão o próprio fato de produzir hoje, de querer achar uma maneira própria de contato, de produção, de articulação, de fazer, de poética, de arte. muitas possibilidades e o campo sensível vem sendo contaminado por pressões históricas, acadêmicas, econômicas, morais, ao longo do tempo isso fica cada vez mais cheio de camadas e não é uma era ruim ou mais dura ou mais difícil; é esta era (já era), mas o meu criar não consegue se desfazer dessa pressão e meu corpo precisou parar. parar num sentido pouco rigoroso. parar na medida do possível. o lote me deixou parar. e daí eu pude produzir algo que era desconhecido para mim. uma rede de relações entre outras pessoas que muitas não são tão próximas e muitas não tem relação com a dança enquanto outras tantas sim. e foi um bom caldo. a leitura aberta que fizemos pode trazer a tona as diferenças e intercessões desse grupo. pudemos nos conhecer por um tempo de exposição dos textos de 2hrs, e isso é bastante para o tempo médio de atenção a atividades reservadas a experiências estéticas na contemporaneidade. e esteve frio. muito frio. um frio que não se fazia em 52 anos, segundo cálculos. eu também pude me encorajar e mostrar 2 vídeos de um interesse recente que é o da escrita efêmera. a escrita tende a durar, mas eu estou vendo a escrita como passagem como tempo, então escrevo e apago. e os sentidos se dispersam ainda mais dessa maneira. isso revela a minha luz atual que a comunicação é um mistério. pode crer/ outro mais foi um mergulho um pouco mais fundo numas experiência com retratos e auto-retratos que venho fazendo ao longo dos últimos 3 anos. re-olhar um material fotográfico, repensa-lo e adequa-lo, passo que ainda não consegui dar mesmo excedendo o prazo que me dei, era na semana que vem. trabalhei com o fotógrafo andré liza, que clicou algumas ações e tivemos algumas conversas esclarecedoras. ainda não sei como isso vai caminhar porque está um pouco em suspensão como vou mexer nesse material. se será virtual, impresso, vídeo, como espacializar esse auto-refazimento de mim mesma (autobiografia como desidentificação) que estou intuindo. mas a boa notícia desse lote, é que nada que foi feito, ou ainda q começado, será abandonado. porque pra mim, a surpresa desse período e também o presente foi conseguir realizar, mesmo que ainda no gerúndio, interesses que vão durar. são projetos que já estão em continuidade e num tempo onde é tão fácil se dispersar e morrer nos assuntos, continuar é mesmo grande. não posso falar aqui, mas em breve verão o que são esses outros além...

http://www.dois.lote24hs.net/files/gimgs/147_branco.png